Planejamento para Morar em Portugal

A decisão de mudar de país não é trivial, portanto é necessário um bom planejamento para morar em Portugal – assim como em qualquer outro país do mundo.

Antes de iniciar esse planejamento, é interessante se fazer algumas perguntas:

  1. Você irá aguentar a distância dos amigos e familiares?
  2. Os pontos positivos de morar em Portugal são maiores que os negativos?
  3. Você irá se adaptar à mudança de clima?
  4. Será capaz de se adaptar às diferenças de cultura?

Enfim, são algumas questões básicas porém muito importantes que você deve se fazer antes de tomar a sua decisão de se mudar de país.

portugal-lisboa

Começando o planejamento para morar em Portugal

Se você já está decidido a morar em Portugal, agora é hora de iniciar o planejamento.

Custo de vida em Portugal

A primeira coisa a se fazer é estimar qual será o seu custo de vida em Portugal, para saber quanto precisará ter de rendimentos.

Uma boa referência inicial é este artigo.

Como as necessidades de cada um variam muito, afinal, cada um tem uma preferência de cidade, de moradia, dentre outros gastos variados, vou deixar essa pesquisa por conta de cada um.

O objetivo deste artigo é oferecer um roteiro para um bom planejamento para morar em Portugal.

Na hora de estimar o custo de vida por lá, é sempre bom deixar uma margem, para não ser pego de surpresa. Isto é, se tiver que “chutar” algum valor, chute para cima.

Para moradia, recomendamos procurar uma temporária no Airbnb até encontrar um local definitivo.

Lembre que lá, em vez de alugar eles dizerm arrendar.

Visto para Portugal

Se você for apenas como turista e permanecer por até 90 dias não precisa se preocupar com isso.

Para outros casos, há uma série de tipos de vistos. São eles:

Cidadania

Hoje em dia, filhos, netos e até bisnetos de portugueses têm o direito de obter a cidadania portuguesa.

Visto de Empreendedor

É um visto temporário, o chamado visto D2. Ideal para quem pretende empreender por lá, como o próprio nome já sugere.

Titulares de Rendimentos

O chamado visto D7. É o mais usado por aposentados. Se você quer esse visto, precisa comprovar que tem renda para morar em Portugal.

Visto de Estudante

Também é um visto temporário, necessitando da comprovação de estudos em uma instituição de ensino portuguesa.

Golden Visa

É um visto especial para quem gera pelo menos 10 empregos em Portugal ou possui propriedades de pelo menos 500.000 euros ou investimentos de 1 milhão de euros.

Documentos necessários para morar em Portugal

Além de estimar o custo de vida e conseguir o visto adequado, há uma série de documentos que você precisa ter para a viagem. São eles:

  1. Passaporte válido pelo menos 3 meses a mais do que a estadia prevista;
  2. Comprovante de hospedagem;
  3. Comprovante financeiro (comprovando que você possui o mínimo necessário para permanecer por lá).

Lembre-se: o planejamento para morar em Portugal é complexo e requer muito cuidado. Esperamos que com este artigo tenhamos ajudado a elucidar alguns dos caminhos a seguir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *